DestaquesEstudos

Capacitação profissional: presencial ou a distância? Entenda aqui!

Como o mercado de trabalho tem exigido cada vez mais dos profissionais, encontrar um bom emprego se tornou questão de disposição para crescente qualificação. Isso porque a maioria das vagas oferecidas demanda maior aptidão para lidar de forma eficaz e rápida com questões do dia a dia.

Além disso, se você já tem uma carreira e deseja crescer na empresa, é necessário ir além do feijão com arroz, isto é, se destacar. Dessa forma, optar por um curso de capacitação profissional é o primeiro passo!

A partir da capacitação, seja presencial ou a distância, você vai se preparar para exercer habilidades específicas e aumentará o seu conhecimento acerca da área escolhida. Basta saber qual dessas modalidades de ensino se adequa melhor às suas necessidades.

Ainda não sabe qual tipo de curso escolher? Continue a leitura e descubra as vantagens e desvantagens de uma capacitação profissional EAD ou presencial!

Capacitação profissional a distância

Os cursos de EAD têm sido bastante procurados no país, graças à popularização da internet e ao surgimento de novas tecnologias de comunicação, entre outros fatores.

Já que esse tipo de ensino supera os limites de espaço e tempo, ao utilizar a tecnologia como forma de comunicação educacional, quem deseja capacitar-se profissionalmente, mas não tem disponibilidade de tempo para frequentar um curso presencial, tem na EAD a alternativa ideal!

A seguir, você confere algumas das vantagens e desvantagens de um curso a distância:

Vantagens

  • É financeiramente mais acessível;
  • proporciona maior flexibilidade de horário;
  • permite que o próprio aluno faça sua rotina de estudos;
  • possibilita maior qualidade de vida para quem trabalha e estuda ao mesmo tempo;
  • dá maior autonomia do aluno;
  • garante o aprendizado de diversas tecnologias pelo estudante;
  • oferece acesso às aulas em qualquer lugar e a qualquer hora;
  • viabiliza estudar até mesmo por meio de dispositivos móveis;
  • estimula a autodisciplina;
  • oferece maior liberdade para tirar dúvidas (o que, para os tímidos, pode ser especialmente interessante);
  • dispensa a necessidade de deslocamento;
  • possui um método pedagógico inovador;
  • é a modalidade de ensino que mais cresce no país.

Desvantagens

  • Exige disciplina e um cronograma organizado de atividades para acompanhar o curso;
  • demanda maior comprometimento do aluno;
  • promove socialização apenas de maneira virtual, isto é, sem interação presencial com o professor e outros alunos;
  • requer algum conhecimento prévio do aluno sobre como utilizar recursos multimídia.

Capacitação profissional presencial

O ensino presencial é a modalidade tradicional de educação. Hoje, ela vem cedendo lugar à modalidade EAD de ensino em virtude da necessidade cada vez mais frequente de conciliação entre trabalho e estudo, portanto, de uma melhor gestão de tempo. Vamos às suas vantagens e desvantagens:

Vantagens

  • Há interação direta entre alunos e professores;
  • favorece a troca de informações e feedbacks presenciais;
  • possibilita o convívio entre corpo docente e discente;
  • apresenta oportunidades ricas de formação de networking.

Desvantagens

  • Há maior desigualdade de oportunidades para os diferentes perfis de alunos e ritmos de aprendizagem;
  • não é flexível, pois os horários são preestabelecidos;
  • não oferece ao aluno meios diferenciados de aprendizagem;
  • não permite conciliação com a vida profissional e pessoal;
  • impõe ao aluno a necessidade de custos extras, como transporte, alimentação, cópias de materiais, entre outros;
  • as aulas só podem ser assistidas uma única vez.

Como saber qual modalidade é a melhor para você

Há quem opte pelo ensino EAD por achar que o curso será mais fácil. No entanto, isso não é verdade! Ambas as modalidades exigem dedicação, estudo e mínimo de frequência, assim como têm avaliações, notas e reprovação. Os diferenciais da EAD ficam por conta da maior liberdade para estudar em seu próprio ritmo e estilo, flexibilidade logística, custo-benefício mais vantajoso, entre outros.

Se você tem disciplina, iniciativa, organização, capacidade de planejamento e familiaridade com tecnologias, então, um curso EAD pode ser a resposta para você! Principalmente se você encontra dificuldades em encontrar tempo para os estudos ou precisa economizar.

Alguns pensam que um curso a distância não agrega tanto valor ao currículo. Porém, hoje, com as ações do Ministério da Educação, os diplomas presencial ou EAD têm exatamente o mesmo peso, valor e importância no mercado de trabalho, desde que a instituição esteja devidamente cadastrada e regularizada junto ao MEC.

Da parte das empresas, muitas consideram esta modalidade de ensino como um diferencial positivo para os candidatos, que em geral apresentam habilidades de autonomia, proatividade, liderança e organização mais aprimoradas que os formados pelo ensino tradicional.

Afinal, o que realmente importa são os conhecimentos adquiridos ao longo da capacitação. O fundamental é se preocupar com a reputação da instituição que oferece o curso, a sua grade curricular, as tecnologias utilizadas e a credibilidade dos professores.

Agora, se você acha que se mantém mais focado em uma sala de aula, prefere ter horários fixos e um contato mais direto com os professores, um curso presencial pode ser o melhor para você.

Caso ainda tenha dúvidas, para que você possa avaliar o seu nível de afinidade com o ensino a distância ou presencial, questione-se:

  • Qual é a sua ocupação atual? Você trabalha? Estuda? Faz as duas coisas?
  • Possui algum tempo disponível para outras atividades, ou seu dia a dia costuma ser corrido?
  • O que você faz nos finais de semana? Conseguiria aproveitá-los também para se dedicar aos estudos?
  • Tem autonomia suficiente para estudar sem a presença física de um professor?
  • Há algum curso de capacitação perto de onde você mora?
  • Você é organizado? Tem facilidade para planejar suas atividades diárias?
  • Precisa de ajuda constante para acessar a internet e usar o computador? Ou domina o básico de informática?
  • Você tem acesso à internet em casa?
  • Possui renda extra para arcar com os estudos ou precisa economizar?
  • Você tem um bom nível de concentração?

Depois, é só comparar suas respostas com os prós e contras das duas modalidades de ensino e analisar em qual perfil você se encaixa!

Por fim, lembre-se de que essas duas modalidades de ensino, apesar das diferenças, precisam ser bem conduzidas. Deve haver um grande comprometimento, caso você queira alcançar 100% de aproveitamento do curso.

Vale reforçar a necessidade de verificar se o curso é reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação). Da mesma forma, para que você possa finalizá-lo e exercer sua função com maior qualidade e competência, não se esqueça de conferir se ele oferece um certificado. Caso contrário, pode ser que a empresa onde você trabalha — ou para a qual deseja trabalhar — não reconheça a sua capacitação.

E então, já se decidiu entre um curso presencial ou a distância? Que tal ficar ligado nas nossas novidades? Curta a nossa fanpage no Facebook!

Share This