Passo a passo: como escolher uma capacitação profissional!

Profissionais capacitados tem muito mais chances no mercado de trabalho, e fazer cursos é tão importante para o profissional que está trabalhando quanto para aquele em busca de uma oportunidade. Já não adianta ter apenas uma graduação: as empresas querem, cada vez mais, profissionais com um currículo recheado de experiências e habilidades. Buscando cada vez menos investir no treinamento de seus colaboradores, elas apostam em profissionais com uma boa formação e que estejam prontos para todos os desafios.

Neste post, você vai compreender de uma vez por todas a importância da capacitação profissional, descobrir o momento certo para fazer uma especialização e entender como escolher o que estudar. Além disso vamos lhe ensinar o que procurar na instituição de ensino ideal e mostrar as diferenças entre cada modalidade.

Está pronto? Então vamos lá!

Entenda a importância da capacitação profissional

Há muito tempo as empresas vêm relatando dificuldades em encontrar profissionais qualificados o bastante para ocupar determinados cargos. Falta de experiência, aliada à ausência de uma formação sólida o bastante, tem feito com que o mercado fique cada vez mais escasso em se tratando de especialistas.

Isso dificulta o processo de seleção e faz com que organizações precisem investir mais recursos em seus próprios colaboradores, para que eles possam suprir internamente essa demanda. Capacitar profissionais se tornou algo comum para as empresas, mas nem sempre apresenta uma relação entre custo e benefício vantajosa. Em momentos de crise, como o que vivemos, elas buscam profissionais já qualificados para ocupar as poucas vagas disponíveis.

Conheça a relação entre capacitação e avanços na carreira

Hoje, como o mercado compete de forma cada vez mais acirrada pelos melhores talentos, a capacitação pode fazer toda diferença em sua carreira. Contando com mais especializações no currículo, quem busca o crescimento e novos horizontes fica em vantagem, agrega valor à sua atuação e aumenta as chances de ser encontrado pelos setores de recursos humanos das grandes empresas.

Entre os cursos de capacitação profissional que você encontra por aí, há várias categorias. Alguns deles visam aprimorar a fluência em um idioma, outros têm como foco habilidades técnicas, como finanças pessoais, e há também as pós-graduações.

Conheça as opções de pós-graduação existentes e as diferenças entre elas

Pós-graduação é uma formação acadêmica fornecida àqueles que já concluíram seus cursos de graduação e que têm como objetivo fornecer especializações nas mais diferentes áreas de conhecimento, ou ainda formar professores de nível superior. No Brasil, são cursos de pós-graduação o mestrado, o doutorado, a especialização e o aperfeiçoamento. Entenda a seguir as diferenças entre eles!

Mestrado acadêmico e mestrado profissional

O mestrado acadêmico tem como objetivo iniciar o aluno na pesquisa. É focado em uma área de conhecimento que se constitui em um subconjunto da área profissional, ou seja, aquela estudada durante a graduação.

Inclui disciplinas avançadas com uma parcela significativa de pesquisa bibliográfica individual e visa ao desenvolvimento de um trabalho de pesquisa científica autônomo, conhecido como dissertação.

Existem também os mestrados profissionais, que são voltados para a construção de protótipos e o desenvolvimento de soluções, e menos para a aplicação do método científico em si.

Doutorado

O doutorado, por sua vez, é a continuação dos estudos acadêmicos iniciados pelo mestrado. Durante o curso, espera-se que o aluno adquira capacidade de trabalho independente e criativo, demonstrado pela criação de novo conhecimento, validada pela publicação de artigos, obtenção de patentes e o desenvolvimento obrigatório de uma tese.

Especialização, ou pós-graduação lato sensu

A especialização é o curso que dá a oportunidade ao graduado de prosseguir em seus estudos, habilitando-o em áreas do conhecimento voltadas para o mercado de trabalho. Estas podem ser diretamente ligadas à sua primeira graduação ou não.

Curso de aperfeiçoamento

Um curso de aperfeiçoamento se destina aos profissionais no exercício de uma determinada ocupação e é voltado ao desenvolvimento de competência gerenciais estratégicas. Tem duração menor que as especializações, mas também é destinado aos alunos que já cursaram uma graduação.

Saiba a hora certa de fazer uma especialização

Ter uma pós-graduação no currículo é uma exigência para aqueles profissionais que buscam conhecimento e destaque. Entretanto, muitas pessoas têm dificuldade de perceber o momento ideal para investir em uma.

Saber quando é a hora certa de se especializar vai variar de pessoas para pessoa, mas os sinais a seguir são um bom indicativo de que chegou a sua vez de se tornar um profissional especializado!

Você está pronto para dar o próximo passo

Quando um profissional já teve a oportunidade de passar por algumas experiências no mercado de trabalho, conhece melhor sua área de atuação e traçou com clareza os objetivos que tem para sua carreira, é chegada a hora de investir em uma pós-graduação. Escolher um curso que tenha a ver com o tipo de papel que ele deseja desempenhar em uma organização e que possa expandir suas capacidades atuais, portanto, é o melhor caminho.

Você sabe que terá mais chances no mercado de trabalho

Se seu chefe já deu algum indicativo de que você se sairia melhor dentro da organização em que hoje trabalho com uma pós-graduação, provavelmente é o momento certo de buscar essa qualificação profissional. Nos casos em que o candidato consegue ter certeza de que irá obter melhores chances no mercado de trabalho ou uma promoção em sua carreira atual, investir em uma pós se torna imprescindível.

Você pretende mudar de área ou não está satisfeito com sua formação original

Seu curso de graduação atendeu a todas as suas expectativas? Se você não teve um aprofundamento ideal da área que estudou ou pretende mudar de foco, a pós-graduação é uma oportunidade e tanto para fazer isso.

Você precisa se atualizar

Muitos de nós conseguimos nossos diplomas há um certo tempo e sabemos que muita coisa mudou no mercado de trabalho desde então. Para esses profissionais, uma pós-graduação é uma forma interessante de atualizar os conhecimentos, expandir a rede de contatos e mudar os rumos da carreira.

Analise seus objetivos profissionais

Mestrado, doutorado, MBA ou uma especialização? Não faltam opções para quem está pensando em fazer uma pós-graduação, mas descobrir a mais indicada para sua carreira pede alguma análise.

Um ponto a ser considerado é que o mercado de trabalho tem valorizado o que se chama de profissionais com perfil em T. Não sabe o que isso significa? A seguir, você saberá o que ele é e como uma pós-graduação pode ajudar a desenvolvê-lo.

O perfil em T: o que é e como desenvolvê-lo?

São profissionais com perfil em T aqueles que têm uma base horizontal de conhecimentos sobre todas as áreas de um negócio, mas contam com uma única competência vertical, ou especializada. Seguindo essa lógica, a pós-graduação ideal é aquela que complementa a visão generalista do profissional com a dose certa de conhecimentos técnicos, ou vice-versa.

Se você é formado em Administração, por exemplo, e pretende atuar no mercado financeiro deveria reforçar sua graduação com uma pós específica em Finanças. Um profissional de tecnologia, por sua vez, que tem conhecimento em inúmeros sistemas e se especializou em em Redes TCPIP, por exemplo, também tem o perfil em T.

Ele combina abrangência e profundidade e oferece o que as empresas procuram na hora de fazer uma contratação.

Mas acertar na escolha da pós-graduação depende sobretudo, da clareza de seus objetivos profissionais. Você busca oportunidades como professor ou profissional? Essa decisão também faz toda a diferença entre que tipo de pós-graduação escolher, como veremos a seguir.

Decida entre meio acadêmico ou profissional

Quem quer trabalhar no meio acadêmico ganha mais procurando por mestrados e doutorados do que por um MBA ou especialização. Mas não existem regras absolutas para fazer a sua escolha e, em alguns casos, pós-graduações stricto sensu, como o mestrado e o doutorado, podem valorizar de forma diferente o currículo de um executivo, que passa, com isso, a ganhar melhores salários.

Saiba como escolher a área certa para uma especialização

Escolher a pós-graduação mais adequada para você pode gerar dúvidas e incertezas, mas isso é normal. Este passo extremamente importante de sua carreira profissional precisa ser dado com o máximo de informação e cuidado possíveis, portanto, deve-se começar pela pesquisa.

Ler e conversar com outros profissionais e pessoas que já fizeram a pós-graduação que você gostaria de cursar é uma excelente maneira de tirar suas dúvidas e verificar se esse é realmente o caminho para você.

Além da pesquisa e da definição de seus objetivos profissionais, antes de escolher em que área de especialização buscar conhecimento, você deve completar as seguintes etapas:

Decida o que você quer e por quê

Pergunte a si mesmo que tipo de curso você quer e o que espera ao sair dele. Muitas pós-graduações estão ligadas a carreiras específicas e algumas delas podem aumentar sua empregabilidade, guiá-lo pelo caminho para se tornar um professor ou mudar radicalmente sua carreira. Pesquise os cursos que se relacionam com as suas necessidades e tente descobrir qual atenderá às suas expectativas.

Descubra se o curso escolhido irá fornecer o que você procura

Leia sempre a descrição de um curso com atenção aos detalhes. Muitos deles têm um núcleo de disciplinas obrigatórias e algumas opções eletivas. Descubra se será possível estudar tudo que você deseja aprender e compare o currículo de vários cursos, a fim de identificar qual deles melhor atende às suas necessidades.

Saiba o que aconteceu com os alunos anteriores

Investigue o que aconteceu com outras pessoas que completaram o curso que você tem em mente. Só porque ele é oferecido por uma instituição muito famosa não significa que os graduados nele realmente fizeram boas carreiras na área. Procure informações sobre empregabilidade e verifique se os formandos estão tão felizes quanto a instituição prometia.

Descubra se você está fazendo uma pós-graduação pelos motivos certos

Antes de ingressar em um curso de pós-graduação, investigue suas motivações. Você está fazendo isso porque quer completar suas habilidades ou porque se trata de uma área de seu interesse? É importante pensar no valor agregado ao seu currículo e considerar o que você deseja do futuro.

Estude as melhores opções de instituições de ensino

Você quer fazer uma pós, um MBA ou uma especialização, mas hoje em dia a oferta destes cursos é tão grande que fica difícil escolher, não é mesmo? Vamos lhe ensinar agora mesmo como encontrar a melhor opção entre as instituições de ensino disponíveis e a que critérios você precisa estar atento antes de assinar um contrato.

Avalie a qualidade do curso segundo o MEC

A qualidade de um curso pode ser avaliada por inúmeros critérios, mas o primeiro e mais importante é sua regularização e status junto ao Ministério da Educação.

A regularização depende da modalidade de curso escolhido, ou seja, se você pretende fazer uma pós-graduação lato (especialização ou MBA) ou stricto sensu (mestrados e doutorados). Os cursos de mestrado e doutorado são nivelados pela CAPES, então é bastante simples fazer sua escolha. Basta consultar o site do MEC e verificar se a opção feita tem um bom conceito na escala CAPES, que vai de 1 a 7.

Para os cursos de especialização e MBA, não há uma avaliação, e sim uma regulamentação. Pelo site do MEC, também é possível descobrir todos os cursos chancelados e que, portanto, têm seu selo de qualidade.

Tente descobrir um pouco mais sobre o histórico do curso

Um bom curso tem características que podem ser verificadas por qualquer pessoa em uma pesquisa independente. Você pode, com auxílio da internet, verificar os títulos de seu quadro de professores, acessar boa parte do currículo e conferir os trabalhos feitos por alunos de turmas anteriores. Assim, fica fácil aferir a qualidade de uma pós-graduação.

Procure conhecer a infraestrutura da instituição de ensino escolhida

Uma boa infraestrutura costuma ser sinônimo de um curso bem estabelecido, principalmente em áreas que dependem de laboratórios e clínicas, como nas Ciências Médicas. Entretanto, com a ampla oferta de cursos a distância, infraestrutura nem sempre é tudo: muitas vezes, dá para fazer uma especialização de excelência sem sequer sair de casa!

Entenda o que é melhor pra você: curso presencial ou a distância?

Escolher entre um curso presencial e uma modalidade a distância é outra questão que cabe a cada aluno. Entretanto, a EAD traz uma série de vantagens para quem estuda e trabalha que não podem ser replicadas pelo ensino tradicional.

A seguir, tiramos suas principais dúvidas sobre as avaliações destes cursos, seu custo-benefício e as ferramentas de interação que eles disponibilizam aos alunos para que você possa tomar uma decisão consciente!

O perfil do estudante EAD X presencial

Ainda existem pessoas que acreditam que fazer um curso EAD é mais fácil do que cursar uma pós-graduação presencial, mas a verdade é que esses cursos tendem a ser tão exigentes quanto aqueles feitos presencialmente. Os conteúdos ensinados são os mesmos em ambas as modalidades, mas o perfil do estudante EAD demanda mais concentração, disciplina, autonomia, proatividade, entre outras inúmeras habilidades. E o melhor é que é possível desenvolver todas elas no próprio curso!

Como todo o conteúdo normalmente é disponibilizado pela internet, o aluno deve exercitar grande capacidade de autogestão dos estudos e compromisso com os propósitos que o levaram a buscar uma qualificação superior nesta modalidade.

Custo-benefício da EAD

Os cursos a distância são mais vantajosos em matéria de custo-benefício que os presenciais. Como as instituições da EAD precisam manter uma infraestrutura mais enxuta que as que oferecem cursos presenciais, não é difícil entender por quê.

A economia de não precisar manter inúmeras salas de aula funcionando, com docentes à disposição em horários pré-determinados, é um dos fatores que fazem com que o ensino a distância ofereça preços muito mais competitivos para os alunos, que tampouco precisam gastar pequenas fortunas com transporte, alimentação e cópia de materiais.

Flexibilidade, a maior vantagem da EAD

A flexibilidade é uma das vantagens que mais saltam aos olhos de quem escolhe a modalidade EAD. Ela dá ao aluno mais controle e autonomia sobre sua formação, o que pode ser bom ou ruim, a depender de seu perfil. Por não ser necessário se deslocar para assistir às aulas, aluno costuma ter um maior rendimento, desde que tenha disciplina o bastante para cumprir a rotina de estudos.

Você pode estudar quando sua produtividade for mais alta e é possível realizar suas tarefas no momento que lhe for mais conveniente!

Diploma: idêntico em ambas as modalidades

O diploma de um curso de pós-graduação a distância não tem nenhuma distinção em relação ao presencial. Isso significa que o grau obtido pelo aluno EAD é reconhecido pelo MEC da mesma forma que o presencial e tem a mesma validade em concursos públicos e processos seletivos no mercado de trabalho.

Trabalho e estudo equilibrados na EAD

Quando falamos em pós-graduação, em geral estamos nos dirigindo a um público adulto, que já equilibra as responsabilidades de trabalhar e estudar. A qualidade de vida que esses alunos conseguem encontrar nos cursos a distância é muito maior, portanto, exatamente por causa da flexibilidade.

Equilibrar vida pessoal, profissional e estudos fica mais simples nas modalidades a distância, em que o ritmo e a agenda de cada aluno são respeitados.

Encontros presenciais para avaliações e networking

Mesmo que um curso seja feito a distância com auxílio da internet, o MEC exige que a instituição realize um número de provas presenciais mínimo a cada período. Essa exigência garante a confiabilidade do processo e ajuda a evitar possíveis fraudes, além de nivelar a qualidade das modalidades de ensino disponibilizadas por uma instituição.

Com provas feitas fora do ambiente virtual, é possível garantir que os alunos aprenderam de verdade e não estão fazendo consultas ao material didático disponibilizado. Elas são oferecidas em polos de fácil acesso para os alunos, para garantir a conveniência.

Além disso, os encontros para realização de provas e outras atividades funcionam como uma oportunidade para o aluno se socializar com seus colegas de classe e fortalecer o networking.

Aprendizado de alto nível com provas objetivas e discursivas

Em graduações presenciais, as provas e trabalhos são os principais recursos disponíveis para avaliar a aprendizagem. Nos cursos a distância, não poderia ser diferente, e eles também fazem parte da rotina dos alunos, que têm a chance de avaliar seu desenvolvimento e performance periodicamente.

Os níveis das avaliações de pós-graduação online são os mesmos da tradicional. As questões dizem respeito aos conteúdos ensinados em um determinado semestre ou disciplina e são tão justos quanto qualquer prova que você poderia enfrentar na modalidade presencial. O escopo das provas se atém aos temas exigidos e aprovados pelo MEC e há tanto questões objetivas quanto discursivas.

Trabalhos e pesquisas são outros dos recursos que as instituições de ensino a distância têm para avaliar a progressão de seus alunos.

Interação em um ambiente virtual de aprendizagem

De forma geral, as plataformas de ensino a distância contam com instrumentos, como fóruns de discussão e chats, para que o aluno possa interagir com seus colegas e debater temas relevantes ao curso. Esses canais de comunicação são também oportunidades para contar com auxílio dos professores e tutores.

Assim, a participação dos alunos é um dos fatores avaliados em seu desempenho e servem para confirmar sua dedicação ao curso e aproveitamento.

Agora que você já sabe da importância da capacitação profissional, consegue diferenciar os tipos de pós-graduação existentes no mercado e tem todas as informações necessárias para escolher o momento certo para uma especialização, esperamos que consiga escolher a modalidade de ensino mais adequada para você!

Para continuar aprendendo conosco, assine nossa newsletter e receba as atualizações do blog em seu e-mail!

Redator e Jornalista, responsável pela qualidade do conteúdo do Blog do Instituto Pró Saber. Apaixonado por marketing digital, séries, futebol e chocolate.

Share This