perfil-profissional-como-descobrir-o-seu.jpeg

Perfil profissional: como descobrir o seu?

O mundo do trabalho é constituído por variados segmentos mercadológicos e pelos mais diversos tipos de profissões, o que leva à necessidade de atuações de pessoas com características distintas. Nesse contexto, o perfil profissional é um fator fundamental na estruturação da carreira e colocação no mercado de trabalho.

Diante de tal cenário, surge a questão: como é possível identificar o perfil em que o profissional se encaixa?

Para ajudar você a fazer essa descoberta, vamos dar dicas de como perceber e classificar as suas características, de modo a associá-las a potenciais tipos profissionais. Também mostraremos os principais perfis existentes. Confira:

O que é um perfil profissional?

Para descobrir o próprio perfil profissional — ou mesmo os de outros trabalhadores —, é preciso, antes, compreender no que ele consiste, qual a sua natureza e como é configurado.

Um perfil profissional pode ser entendido como um conjunto de características de que uma pessoa dispõe e exibe no contexto de trabalho.

Trata-se de atributos cujas bases são de ordem tanto profissional, quanto pessoal. Ou seja, um perfil profissional é estruturado a partir de competências relacionadas às atividades técnicas de trabalho e de habilidades ligadas à personalidade, formas de entender e de ver o mundo, preferências, modos de agir e interpessoalidade.

Assim, um perfil profissional resulta da relação entre as propriedades técnico-profissionais e os traços individuais de uma pessoa. Essa associação, em larga medida, também é moldada pelas variadas demandas de mercado, uma vez que o profissional tem que se adequar às especificidades do seu contexto de trabalho.

Quais são os principais perfis profissionais?

Cada pessoa tem uma personalidade específica e possui formação e experiências profissionais únicas ao longo da vida. Portanto, cada um tem uma postura e diferentes formas de agir no ambiente de trabalho.

Essas particularidades podem ser agrupadas em tipos que configuram os perfis profissionais. Veja os principais:

Perfil cooperativo

Quem tem o perfil cooperativo gosta de trabalhar em equipe. É aquele profissional com facilidade para atuar em conjunto aos seus colegas em prol do alcance de um objetivo. Em geral, é uma pessoa que gosta de compartilhar responsabilidades, dividir tarefas e dar suporte ao desenvolvimento da atividade do outro.

Os trabalhadores que se encaixam nesse perfil costumam ter habilidades interpessoais bem desenvolvidas. Assim, eles interagem bem com outras pessoas nas mais diversas situações. Eles são dinâmicos e têm a capacidade de adaptação, atuando com flexibilidade em variados contextos dentro ou fora do ambiente profissional.

Perfil competitivo

Primeiramente, é preciso deixar claro que a competitividade é um fator muito positivo no mundo do trabalho se praticado de maneira saudável — quer dizer, sem atrapalhar o outro —, já que estimula a produtividade do profissional.

A característica mais marcante desse perfil é a busca contínua por melhores resultados. Ou seja, a vontade permanente de aprimorar as atividades. Os profissionais que podem ser classificados nesse grupo, geralmente, possuem boa dose de determinação, persistência, obstinação e desejo de perfeição.

São aqueles trabalhadores que dão tudo de si para atingir uma determinada meta, que se envolvem de corpo e alma no que estão desenvolvendo e competem para ser cada vez melhores. Por isso, priorizam a capacitação profissional.

Perfil líder

O sujeito com o perfil de liderança gosta de tomar a frente na realização das mais diferentes atividades. Trata-se do profissional que tem desenvoltura para lidar com pessoas, organizar e delegar tarefas, identificar prioridades, assumir responsabilidades, gerir procedimentos e planejar ações.

É também dotado de autonomia, organização e capacidade analítica para resolver problemas. Todos esses atributos o tornam apto a comandar equipes, bem como liderar e supervisionar o desenvolvimento de tarefas.

Perfil colaborativo

Quem possui esse perfil tem apreço por ajudar o outro e, portanto, está sempre a postos para contribuir. É aquele profissional cuja atuação é feita no sentido de somar — de colaborar ativamente — de maneira a se disponibilizar para o desempenho de atividades antes mesmo que alguém peça o seu auxílio para isso.

Os atributos principais desse tipo de trabalhador são a proatividade, a antecipação e a disponibilidade. Ele não apenas coopera para a execução de uma tarefa, mas, mergulha de cabeça em sua realização, prestando o suporte necessário.

Em geral, é um profissional com grandes chances de ser promovido no trabalho.

Perfil criativo e inovador

A pessoa que se enquadra no perfil criativo e inovador é aquela que tem ideias capazes de solucionar problemas, contornar situações e proporcionar melhorias. É quem busca alternativas viáveis para otimizar qualquer tarefa que ele ou outra pessoa está executando e melhorar contextos em que está inserido, tornando-os mais vantajosos.

Em geral são profissionais com aptidão acima da média para compreender e analisar objetos, fenômenos e situações, com alta capacidade imaginativa e habilidade para criar. Sua visão analítica possibilita a proposição de reparações ou aperfeiçoamentos, a depender dos procedimentos, recursos ou produtos com os quais lida.

Como identificar o perfil profissional?

A identificação depende dos objetivos e possibilidades da pessoa. Existem três formas principais de descobrir o próprio perfil profissional:

  1. Fazer uma análise de si mesmo ao longo da execução de atividades no trabalho.

  2. Pedir para que colegas auxiliem nessa percepção.

  3. Submeter-se a avaliações vocacionais específicas, feitas por psicólogos.

Quando o próprio colaborador busca identificar o seu perfil, pode fazer isso verificando, elencando e anotando suas atitudes durante o trabalho. Depois, é importante analisar as suas ações levando em conta as tarefas realizadas e as demandas requeridas para a execução.

Ao contar com a ajuda dos colegas de trabalho para realizar essa identificação, o profissional pode associar outra visão à sua própria, o que enriquece a análise, tornando-a mais ampla e detalhada.

Tal forma de identificação segue os mesmos passos da anterior, com o acréscimo de um novo ponto de vista — com potencial para mostrar aspectos que o profissional sozinho não consegue ver.

É possível, também, buscar apoio técnico especializado para conhecer o seu perfil profissional. Há testes e avaliações psicológicas específicas com o objetivo de traçar as características de uma pessoa no que se refere à sua atuação no mundo do trabalho. Em geral, esses procedimentos são feitos por psicólogos.

Gostou do conteúdo e quer receber mais dicas sobre carreira, educação e trabalho? Assine nossa newsletter e fique sempre por dentro das novidades do blog!

Baiana e jornalista, gosta de escrever, tem verdadeiro fascínio por fotografia e é apaixonada por assessoria digital.
Share This